• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Carreata Fora Bolsonaro percorreu vários bairros de Campo Grande em sua 4ª edição

A manifestação defende a volta do auxílio emergencial e a vacina já para todos. Desta vez os manifestantes estiveram em carreata e bicicletada nos bairros da região norte da cidade

Publicado: 07 Fevereiro, 2021 - 19h15 | Última modificação: 07 Fevereiro, 2021 - 20h30

Escrito por: Sérgio Souza Júnior

Sérgio Souza Júnior
notice
Vilson Gregório, Presidente da CUT-MS

No final da manhã deste domingo (7) foi realizada a quarta edição da Carreata e bicicletada que pede o impeachment do presidente Jair Bolsonaro, o protesto percorreu os bairros Novos Estados, Mata do Jacinto, Taquaral Bosque e Nova Lima, na região norte de Campo Grande.

No carro de som, a organização do movimento fez duras críticas à incompetência e o descaso do governo federal que não se preparou e não conseguiu até agora garantir vacinas contra a COVID-19, doença que continua matando mais de mil pessoas por dia no país e seu resultado já ultrapassa a cifra de 230 mil brasileiros mortos, conforme o consórcio de veículos de imprensa que vem monitorando estes dados no país. As vítimas da falta de oxigênio em hospitais no Amazonas foram lembradas durante as falas no carro de som.

As polêmicas envolvendo o gasto do governo de Jair Bolsonaro de R$15 milhões de reais com leite condensado e R$2,2 milhões de reais com chicletes em meio à pandemia também foram alvo de pesadas críticas dos organizadores do evento.  

Conforme Vilson gregório, Presidente da CUT-MS, “a nossa quarta carreata foi belíssima e cada vez mais pessoas estão apoiando nosso movimento, é porque não aguenta mais esse que governo que tá aí. Um governo que não tem projeto para o povo que se mantém em completo descaso com a população, não tem vacinas, então chega, chega desse governo, queremos vacina, queremos o auxílio emergencial de volta, fora Bolsonaro”.  

O fim do auxílio emergencial foi duramente criticado pelos manifestantes, que reivindicaram seu retorno imediato, segundo André Lage, da coordenação do movimento Fora Bolsonaro de Campo Grande “estamos exigindo o auxílio emergencial já para povo mais necessitado, vacina já para todos, pelo SUS, pela vida e pela dignidade humana, por isso é fora Bolsonaro mesmo” disse.

Sérgio Souza JúniorSérgio Souza Júnior
André Lage dando entrevista

 

Vilson ressaltou “o apoio da população está aumentando, nós não podemos parar e não vamos parar até que esse governo seja derrubado, é um genocídio o que está acontecendo no país, não podemos aceitar”.

O Deputado Pedro Kemp (PT) participou da manifestação tendo afirmado que nos bairros da cidade “que tem muita gente desempregada, que perdeu amigos ou parentes pela COVID-19” e reforçou alegando que além do drama que o povo brasileiro está vivendo tem “um presidente despreparado, um presidente que não tem sensibilidade com as dores do povo brasileiro, queremos vacina para  todos, queremos proteção à vida, Bolsonaro desde o início disse que era uma gripezinha, por isso nós estamos aqui, representando uma parcela importante da população pedindo o impeachment do presidente”.

Os vereadores Camila Jara (PT) e Marcos Tabosa do (PDT) e o Deputado Federal Dagoberto Nogueira (PDT) participaram do movimento e marcaram presença no início das atividades.

A manifestação contou com a presença de diversas lideranças sindicais e foi encerrada por volta das 13 horas da tarde nos altos da rua Zumira Borba, no bairro Nova Lima.

Sérgio Souza JúniorSérgio Souza Júnior
4ª Carreata Fora Bolsonaro
Sérgio Souza JúniorSérgio Souza Júnior
Sérgio Souza JúniorSérgio Souza Júnior