• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Série #CUT31ANOS

Alexandre Júnior Costa, Presidente do SINTSS-MS e membro da Direção Nacional da CUT.

Publicado: 03 Setembro, 2014 - 19h47

Escrito por: Alexandre Júnior Costa

Alexandre Júnior Costa Alexandre Júnior Costa

"A CUT tem o maior tempo de vida das centrais sindicais na história desse país, é uma história vitoriosa de organização dos trabalhadores, com certeza uma belíssima história.

 

O fato mais marcante dessa história, foi a eleição de Lula na Presidência da República, neste episódio a CUT provou para a elite e para os próprios trabalhadores, que estes últimos são capazes de serem senhores de sua própria história. Este é o maior legado da Central que inclusive recentemente foi reconhecido pela ONU.

A existência de tantas lutas e conquistas da nossa organização sindical demonstra a capacidade de luta dos trabalhadores em dar respostas a todas as crises criadas pelo capitalismo e pela burguesia. A CUT é um escudo de defesa da classe trabalhadora, concretamente não há um assunto de interesse da nação que a Central não tenha se proposto a debater, a discutir as questões de fundo da sociedade brasileira.

A pós tantas conquistas, acredito que é preciso ousar, pois nós queremos mais. A questão da juventude está posta e éum grande desafio construir pontes e diálogo para atrair os jovens trabalhadores que querem fazer política e hoje tem poucos espaços para efetivá-la. Precisamos garantir as conquistas que o campo democrático e popular desenvolveu neste país e uma das possibilidades é nos inbuírmos do radicalismo que forjou esta central, a necessidade de uma nova forma de organização, capaz de continuar conquistando corações e mentes desta e das próximas gerações. Viva a Central Única dos Trabalhadores!".

carregando
carregando